Este artigo é para todos para os profissionais de saúde que desejam ir além do ato médico.

Para alcançar o sucesso é fundamental conhecer quem são os seus pacientes

Os pacientes são, atualmente, cada vez mais exigentes com a sua saúde. E essa preocupação vai além dos procedimentos médicos. Os pacientes de hoje procuram envolver-se com os profissionais e espaços de saúde onde procuram os seus diagnósticos e consequentes tratamentos.

O paciente da era digital é mais informado e envolvido com a saúde e também com o profissional que o atenderá.

Paciente ou cliente: conhece a diferença?

A era digital, pelo avanço da tecnologia, mudou, também, a relação do paciente e profissional de saúde. Embora ambos os conceitos possam referir-se à mesma pessoa, cliente e paciente merecem um olhar diferente: O cliente é a pessoa que vai pagar pela sua consulta ou tratamento médico. É a pessoa que deve ser atraída ao seu espaço. E essa atração até pode ser por preço. Já o paciente, é a pessoa que entra na sua clínica. Desde que entra na sala de espera até que vai ao seu consultório. E esta relação exige confiança para que o relacionamento seja duradouro.

Siga estes 7 passos para fidelizar os seus pacientes:

  1. Passe uma mensagem consistente – invista na imagem da sua clínica;
  2. Crie uma boa primeira impressão – a vossa relação começará na receção da sua clínica; do espaço aos profissionais que cruzarão o caminho do seu paciente;
  3. Demonstre conhecimento – os pacientes pesquisam sobre o seu problema antes de procurar um profissional de saúde; seja muito claro, informado e próximo. Acrescente informações científicas, histórico de outros casos e soluções comprovadas;
  4. Esteja disponível – disponibilize um canal aberto de contato com os seus pacientes;
  5. Seja empático – aposte num atendimento humanizado e demonstre respeito e cuidado pela condição do seu paciente;
  6. Modernize-se – os seus pacientes são digitais, possibilite-lhe agendamentos online, consulta ou levantamento de exames e tira-vez;
  7. Aposte no design– espaços bonitos criam aconchego e maior ligação com os pacientes.

Boas experiências potenciam laços que criam relações

Os estudos apontam e a nossa experiência confirma: não há melhor forma de fidelizar um cliente do que pelo lado emocional. Crie boas experiências – seja pela possibilidade de poder agendar, confirmar ou remarcar uma consulta através do smartphone, seja pelo conforto das suas instalações ou pela empatia do seu atendimento. Pacientes satisfeitos são clientes para a vida!

projetos-arquitetura-design-clinicas