De repente, a pandemia provocada pela Covid-19 colocou as práticas de limpeza e desinfecção no centro das atenções. A higienização está a mudar os modelos de negócio e a ter impacto na gestão do trabalho das empresas. Nunca como hoje a higienização teve tanta relevância.

Conheça, neste artigo, as práticas de higienização que deve ter em conta na retoma da sua atividade comercial e realize um desconfinamento seguro!

O Plano de Desconfinamento

Aprovado pelo Conselho de Ministros, de 30 de abril de 2020, o Plano de Desconfinamento reúne um conjunto extenso de medidas que visam o levantamento gradual do confinamento, num período de 15 dias entre cada fase determinada pelo calendário de estratégia do Governo.

Assim, sob o peso da COVID-19 e seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), são vários os espaços públicos e comerciais que começam a redobrar esforços nas suas rotinas de limpeza e desinfecção. Esforços que devem estar fixados no âmbito dos sete pontos para a higienização dos locais de trabalho determinados pela Direção Geral de Saúde (DGS), sendo eles:

  • Higienização das mãos;
  • Etiqueta respiratória;
  • Distanciamento social;
  • Higienização e desinfeção de superfícies;
  • Auto monitorização de sintomas;
  • Proteção individual (EPI);
  • (In)formação.

Como proceder para um desconfinamento seguro?

Depois de oficialmente declarada como pandemia, pela Organização Mundial da Saúde, no dia 11 de março de 2020, a COVID-19 tem chamado a atenção de todos para a importância da higienização. Afinal, não é à toa que, nos últimos meses, os noticiários nacionais e internacionais inundam os horários nobres com informação sobre hábitos de higiene pessoal, como a rotina de lavar as mãos com frequência, a relevância da abstenção do toque ou o esforço para a consciencialização generalizada do ambiente que rodeia cada um de nós.

Em fase de desconfinamento, o objetivo é garantir a sustentabilidade das empresas e dos estabelecimentos de atendimento ao público. Assegurar a segurança de clientes, dos utentes e dos funcionários e evitar perdas de rendimento e produção.

Assim, para garantir a retomada gradual da atividade em espaços abertos ao público, como empresas, escolas, lojas ou mercados é necessário:

  • Desenvolver um plano de higienização adaptado ao espaço designado: este plano deve ser atualizado de forma constante e afixado num local estratégico para que possa ser visível ao público e aos funcionários;
  • Reduzir o risco de infeção: Promova a fixação de dispensadores de uma qualquer solução antissética de base alcoólica (SABA), como o Slimmer, no seu local de trabalho. Estas soluções eliminam o risco de transmissão do vírus que está na origem da COVID-19, higienizando a superfície das mãos e garantido a proteção de todos aqueles que partilham o mesmo espaço. Da mesma forma, é fundamental realizar uma limpeza e desinfestação regular das superfícies duras, como mesas e balcões.
  • Estabelecer o uso obrigatório de máscaras e instituir o distanciamento de segurança: Em qualquer estabelecimento comercial, os trabalhadores devem manter uma medida de segurança entre si e os clientes/utentes. Uma distância que deve ser de dois metros em ambientes fechados e de um metro ao ar livre. Neste sentido, em questões onde o atendimento presencial ao público não pode ser contornado, devem ser tomadas medidas de reorganização do local de trabalho. Medidas estas que incluem, por exemplo, o uso obrigatório de máscaras ou viseiras, a instalação de balções de proteção, placas de acrílico ou a fixação de sinalética de segurança no pavimento.

Reforçar o Plano de Higienização

Com o desconfinamento em marcha, empresas e estabelecimentos de atendimento ao público têm que reforçar os seus Planos de Higienização, garantindo a segurança de funcionários e utentes/clientes. Saiba o que fazer!

Como realizar a higienização dos espaços comerciais?

  • Utilize luvas descartáveis para limpar e desinfetar;
  • Limpe as superfícies com água e sabão e use desinfetante. Também podem ser usadas soluções alcoólicas com pelo menos 70% de álcool;
  • Diferencie a superfícies mais utilizadas daquelas que não têm tanto uso. A higienização deve ser mais frequente nas superfícies com maior nível de utilização;
  • Superfícies e objetos como carrinhos de compras e teclados digitais devem ser limpos e desinfetados a cada utilização;
  • Preste especial atenção a superfícies como maçanetas, interruptores, bancadas, telefones, teclados, torneiras, pias, etc. Estes devem ser constantemente desinfetados.
  • Para superfícies macias, como carpetes, tapetes ou cortinados é recomendado o uso de sabão ou de produtos de limpeza apropriados. Nestes casos, sugere-se a utilização de uma configuração de lavagem com água quente.
  • Em aparelhos eletrónicos como tablets, ecrãs táteis, teclados ou comandos, siga as instruções do fabricante para realizar a sua higienização. No caso de não existirem instruções nesse sentido, utilize toalhitas descartáveis ou sprays à base de álcool, com pelo menos 70% de álcool.

Quais as medidas a tomar pelos empresários, proprietários e responsáveis?

  • Certifique-se que a sua equipa de limpezas tem o treino e a formação necessários para fazer uma utilização apropriada dos produtos químicos de desinfeção recomendados;
  • Instrua os responsáveis pela limpeza e recolha do lixo no sentido de reconhecer os sintomas da COVID-19;
  • Forneça indicações aos seus funcionários sobre como proceder no caso de suspeita de infeção. Recomende e reforce a importância de realizar um período de quarentena de 14 dias, após a possível exposição ao vírus;
  • Por último, desenvolva políticas de proteção para os seus colaboradores e disponibilize formação apropriada a toda a equipa de trabalho.

MEDD: ao seu lado no desconfinamento!

Depois de reforçar e estabelecer um Plano de Higienização apropriado para o seu negócio, é hora de colocar as mãos na massa e voltar à ação. Tome medidas de precaução e reduza o risco de exposição ao novo coronavírus com as soluções da MEDD: porque a segurança é uma responsabilidade que partilhamos consigo!

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO

A pensar de forma consciente e solidária, colocamos os nossos 20 anos de experiência ao dispor dos profissionais de saúde, com soluções que permitam prestarem os seus serviços em segurança. Estamos a atualizar constantemente o site com novos produtos, imprescindíveis nos espaços comerciais, face a pandemia. Estejam atentos.

Quer ter acesso às novidades?

Quer ter acesso às novidades?