Há poucos dias estivemos presentes num evento, promovido pelo IPAM Porto, sobre novas tendências de marketing para 2020 – a era da experiência. Um dos oradores convidados falou sobre a sua visão do marketing sensorial e, em especial, sobre a sua empresa de criação de “identidade musical” que nos inspirou para a criação deste artigo.

A Mufyn Music (www.mufyn.pt), fundada pelo conhecido DJ carioca, Levy Gasparian, afirmou-se no mercado português e europeu como uma empresa especializada em marketing sensorial, com especial foco na música. O seu grande objetivo com as marcas com quem trabalham é conhecer a sua história e transformá-la em música. Através de um conjunto de estratégias sensoriais, ajudam as suas marcas a criar “o ambiente perfeito”. Como? Através da música, e também do cheiro.

Quantas vezes já ouviu a expressão não vamos “inventar a roda”? No marketing sensorial não se trata propriamente de inovar ou fazer diferente pela diferença; o novo verbo é acrescentar. Bem-vindo à era da experiência! Mais do que sempre, em 2020 vamos assistir, todos os dias, ao surgimento de marcas com atitudes inovadoras, que acrescentarem valor ao mercado global. No entanto, agora o foco não está no produto ou serviço que oferecem; o epicentro é a novidade de experiência que acrescentam!

O que é o marketing sensorial e como pode ser aplicado em farmácias?

O marketing sensorial dedica-se a promover experiências sensoriais aos consumidores e assim criar uma ligação emocional à marca. Enquanto o marketing tradicional trabalhar em cima de funcionalidades e vantagens dos produtos ou serviços que pretende promover, o marketing sensorial procura desenvolver estímulos positivos através da exploração dos cinco sentidos, aumentando assim a probabilidade da sua marca ser lembrada e estar presente na mente do seu consumidor, muito mais do que se apenas o estimulasse cognitivamente.

As farmácias de hoje são espaços multifuncionais, onde se vende muito mais do que medicamentos e onde o farmacêutico se centra, cada vez mais, no atendimento e não no produto. Nessa ordem de ideias, devemos colocar o utente no centro da nossa atenção e perseguir estas respostas: O que é que ele deseja? O que é que ele espera encontrar na minha farmácia? Como ele pretende sentir-se? Como se sente agora? Qual é a história que lhe quero contar? Como quero que ele se lembre da minha farmácia?

Concentre-se uns instantes em responder a estas perguntas e terá o briefing perfeito para uma estratégia de marketing sensorial de sucesso!

Farmácias podem e devem oferecer estímulos sensoriais aos seus utentes

Já aqui falámos sobre a farmácia do futuro, centrada no utente/paciente, e como o farmacêutico se deverá posicionar para se afirmar num mercado concorrencial tão competitivo e tão plural no que diz respeito ao seu público alvo, também. A população está a envelhecer, é um facto, mas os jovens são cada vez mais exigentes no que toca ao seu estilo de vida (saudável) e aos seus níveis de literacia, na saúde também.

Leia mais sobre esta nova geração, os “Pacientes millenials: quem são e como se comportam

Habituados a ser estimulados apenas visualmente, quando surpreendidos com estímulos positivos de outros sentido como a audição – boa música – ou o olfato – perfume agradável -, o utente elevará automaticamente a sua perceção do ambiente e da qualidade do serviço prestado. Quando trabalhados de forma consistente e contínua, estes estímulos podem criar vínculos duradouros com os seus consumidores e tornar o seu negócio concorrencialmente mais rentável.

Em países como espanha ou frança, é cada vez mais comum a exploração do olfato, em farmácias. Empresas como a sensology especializam-se em criar experiências olfativas em espaços comerciais, e têm farmácias como clientes, também.

Combine uma estratégia nos 5 sentidos e crie vínculos emocionais com o seu público

Tal como já lhe demos dicas sobre como deve ser a iluminação ou o mobiliário da sua farmácia, imagine agora combinar espaço físico, ambiente sensorial com uma dimensão emocional. Fórmula do sucesso, porque não?

Se tem dúvidas de como implementar a sua estratégia de marketing de experiência contacte-nos.

Na MEDD, somos muito mais do que um gabinete de arquitetura, design e engenharia de espaços de saúde; somos um conceito chave na mão, com a missão de tornar cada projeto capaz de mudar a vida de quem nele atua. Colocamos sempre as pessoas no centro do nosso pensamento criativo.

SOMOS ESPECIALISTAS EM ARQUITETURA E REMODELAÇÃO DE FARMÁCIAS
SOMOS ESPECIALISTAS EM ARQUITETURA E REMODELAÇÃO DE FARMÁCIAS