No mínimo, o farmacêutico passa oito horas por dia na farmácia. Portanto, quanto mais prático e agradável for o balcão de atendimento, melhor. Mas não só! Cores, estilo e materiais são preocupações comuns para quem embarca num projeto de remodelação e é crucial saber como fazer a escolha certa, na hora de escolher o seu balcão de farmácia. Descubra tudo, neste artigo!

Balcão de farmácia: o que considerar?             

Desde novas peças de mobiliário a soluções criativas de bricolage e design, há muitas formas de atualizar o aspeto da sua farmácia e dar-lhe o Lifting que tanto procura! Mas se planeia comprar um novo balcão de farmácia, existem algumas regras básicas que deve considerar, antes de dar o fazer.

1. Não se deixe iludir

É sabido que no mundo do design de interiores, a seleção do mobiliário é frequentemente orientada por tendências. Como tal, é preciso saber distinguir entre tendências momentâneas e designs intemporais. Assim, para que o seu balcão não pareça antiquado dentro de 4 ou 5 anos, deve optar por formas simples e materiais de aspeto natural. Ou seja, um bom balcão de farmácia deve resistir ao teste do tempo e satisfazer as necessidades reais do espaço.

2. Planeie o tamanho e a localização do balcão

Antes de comprar o seu balcão de farmácia, olhe para o tamanho e para a disposição do espaço e pense na forma como deve caber. Tem espaço suficiente para vários balcões individuais ou prefere um balcão de farmácia inteiriço? O tamanho tem necessariamente de ser proporcional ao tamanho da farmácia. Certifique-se que o seu balcão de farmácia não domina o espaço. Ele deve permitir que os profissionais se movimentem livremente.

3. Preste atenção aos materiais

Embora a escolha de cores e padrões seja subjetiva, a escolha de materiais deve ser sempre fundamentada. A realidade é que o mobiliário técnico da farmácia pode variar muito em termos de propriedades. Enquanto alguns materiais são mais porosos ou absorventes, outros são mais rígidos e resistentes. Por exemplo, embora um balcão de madeira maciça possa ser uma opção apelativa para muitas pessoas, vale a pena lembrar que este é um material relativamente pesado que exige manutenção regular para manter a sua aparência.

Por outro lado, melamina e MDF são excelentes opções. Para além de acessíveis, funcionam muito bem para a conceção da parte estrutural dos balcões e podem ser revestidos com materiais mais sofisticados, nas partes mais visíveis do balcão. Isto, não só reduz os custos de fabrico, como confere versatilidade ao design da farmácia, já que possibilita uma vasta variedade de estilos e acabamentos. Como tal, antes de escolher o seu balcão de farmácia, é bom saber quais são os materiais mais adequados a que situações.

4. Opte por uma solução à medida

Finalmente, é importante que o balcão de atendimento complemente o design global da farmácia. Por isso, em vez de correr para uma loja ou navegar pelos inúmeros modelos disponíveis online, procurar uma solução concebida à medida é sempre a melhor escolha. Desta forma, poderá também assegurar um design ergonómico e realmente funcional. Afinal, o balcão é o ponto focal da farmácia e o seu design influencia a atmosfera global do espaço.

MEDD: mobiliário técnico à medida da sua farmácia!

Sejam balcões de farmácia, gondolas, lineares, bancadas, secretárias ou peças complementares, na MEDD, produzimos mobiliário técnico à medida das suas necessidades. De acordo com a identidade visual da sua farmácia e os critérios de design mais exigentes, garantimos que o produto final atende à sua finalidade. Fale connosco!

Peça já o seu orçamento!

Contacte-nos!

SOMOS ESPECIALISTAS EM ARQUITETURA E REMODELAÇÃO DE FARMÁCIAS
SOMOS ESPECIALISTAS EM ARQUITETURA E REMODELAÇÃO DE FARMÁCIAS